Tribuna de Petrópolis

A+ A A-

Hugo Leal anuncia saída de partido

Em carta entregue à direção nacional do PSC em Brasília, o deputado federal Hugo Leal comunicou seu desligamento do partido, alegando, entre outros motivos, a discriminação que vem sofrendo.

 

 

Em carta entregue à direção nacional do PSC em Brasília, o deputado federal Hugo Leal comunicou seu desligamento do partido, alegando, entre outros motivos, a discriminação que vem sofrendo, prejudicando sua liderança política nos municípios que constituem sua base eleitoral. O deputado não anunciou qual o partido a que estará se filiando, mas,  segundo informações, recebeu convite de várias siglas, como o PROS e o PSB, partido com quem vem conversando há vários meses. 

A situação do deputado no PSC não era boa desde a sua eleição em 2010, quando, no ano seguinte, ao tomar posse, perdeu a liderança do partido, mesmo sendo considerado pelo governo federal como um dos principais interlocutores na Câmara dos Deputados. Apesar dos problemas enfrentados dentro do PSC, como perda de espaço na direção regional, o deputado Leal nunca fez críticas publicamente à direção do partido. 

Fontes ligadas ao deputado afirmam que sua situação estava insustentável e que por diversas vezes buscou entendimento com a direção nacional e regional. Na carta, o deputado afirma ainda a “flagrante desproporcionalidade na distribuição de recursos, pelo partido, para a campanha eleitoral, prejudicando minha candidatura política e o diretório a que pertenço”. 

Outro problema que o deputado enfrentou dentro do PSC foi a mudança de posição com relação a temas como maioridade penal e a candidatura própria para presidente. O deputado alega ainda a falta de democracia interna em desrespeito às normas estatutárias, “resultando na ausência de debates nas direções nacional e regional e, consequentemente, discriminação na composição dos espaços políticos no governo estadual e na tomada de decisões do partido”.

A desfiliação do deputado Leal do PSC era algo esperado há algum tempo pelos seus amigos e cabos eleitorais, e agora a expectativa é para onde vai. Há quem afirme que o deputado vai se filiar ao PSB, em função da aproximação com o prefeito Rubens Bomtempo e também pelos problemas que o partido vem enfrentando na direção regional. 

Segundo comentários e pessoas próximas ao prefeito, a filiação de Hugo Leal daria mais força a Bomtempo para ficar com a presidência do PSB, caso fique confirmado a saída do prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso. No entanto, outras possibilidades também são comentadas, como sua ida para o PMDB. Nenhuma destas possibilidades foi confirmada pelo deputado e nem pelos seus assessores em Petrópolis, que aguardam uma posição.  

© 2010/2011/2012/2013 Tribuna de Petrópolis Ltda - Todos os direitos reservados - Nenhum material pode ser copiado ou reproduzido sem autorização por escrito. Sites do Grupo Tribuna de Petrópolis: www.e-tribuna.com.br, tribuna.fm e www.graficasumauma.com.br.